“Odisseias, Sul e Norte” estreia este domingo

O Canal Odisseia estreia este domingo, dia 4 de Dezembro, às 22 horas, a série “Odisseias, Sul e Norte”, em parceria com a televisão angolana TV Zimbo.

Ana Jorge, ex-ministra da Saúde, Pascoal Mocumbi, ex primeiro-ministro de Moçambique, Fernando Alvim, artista plástico, Rui Reis, investigador da Universidade do Minho, e Ângela Mingas, arquitecta, são alguns dos protagonistas desta série, que em 12 episódios retrata inciativas notáveis, contadas na primeira pessoa, que decorrem em Portugal, Angola, Moçambique, Equador e Espanha, e que, do ponto de vista humano, prometem não deixar ninguém indiferente.

Durante cerca de um ano, o Odisseia percorreu três continentes para dar a conhecer investigadores, voluntários, empresários, políticos ou cidadãos anónimos que têm em comum o desenvolvimento de projectos surpreendentes, com o objectivo único de melhorar a sociedade, em áreas como o ambiente, educação, sustentabilidade ou saúde.

O combate à malária desenvolvido por Pascoal Mocumbi, impulsionador da luta contra a doença; a protecção de espécies ameaçadas como a palanca, espécie rara e única no mundo, desenvolvida pelo biólogo Pedro Vaz Pinto; a divulgação de cuidados de saúde e a sensibilização no combate à sida, conduzida por Feliciano dos Santos, músico moçambicano vencedor do Goldman Priz (considerado o Prémio Nobel do Ambiente), são alguns dos projectos que a série dá a conhecer.

Esta co-produção destaca ainda dois projectos nacionais: o trabalho de investigação na área dos biomateriais desenvolvido pelo investigador da Universidade do Minho, Rui Reis, vencedor de um dos mais prestigiados prémios científicos atribuído pela European Society for Biomaterials, bem como o projecto de musicoterapia, levado a cabo por Ana Jorge, ex-ministra da Saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.