Herdade do Esporão: passear pela história ancestral

 

Preservação da natureza e desenvolvimento sustentável são características que a Herdade do Esporão privilegia através de actividades e programas enoturísticos realizados neste espaço, agora renovado.

Créditos: Alexandre Delmar

Créditos: Alexandre Delmar

O bom tempo está aí e visitar o Alentejo é quase uma obrigatoriedade. Agora, imagine-se em pleno contacto com a natureza, pedalando, ou num passeio a pé ou de jipe, ou até mesmo num piquenique, montado entre vinhas que guardam a história e património natural. Estas são algumas sugestões criadas pela Herdade do Esporão, em Reguengos de Monsaraz, e destinadas aos entusiastas da cultura do vinho e da gastronomia regional.

Recentemente renovada e ostentando o galardão de Melhor Projecto de Enoturismo da região, nos Prémios do Turismo do Alentejo, a Herdade promove as tradicionais visitas às vinhas, adegas e caves, dando a conhecer os detalhes sobre a produção dos vinhos e azeites. Aventure-se a ‘viajar’ aos séculos XV e XVI, dos quais datam o património histórico-cultural da Herdade, com visitas à Torre do Esporão, à Capela de Nossa Senhora dos Remédios, ambos consagrados Imóveis de Interesse Público; e ao Arco do Esporão. A ermida também se destaca pelas obras de restauração de que foi alvo, remetendo-nos para a arquitectura religiosa medieval e mostrando-nos os frescos da capela-mor. A 5 kms, uma nova sugestão. O Complexo Arqueológico do Povoados dos Perdigões é uma povoação pré-histórica e que o Esporão promove desde 1995, no Museu na Torre onde estão expostos artefactos provenientes das escavações.

 

Créditos: Alexandre Delmar

Créditos: Alexandre Delmar

A renovação de 2012

Aberta desde 1997 e após as obras de renovação do ano passado, a Herdade do Esporão ampliou os espaços arquitectónicos, criou três novos jardins interligando vinhas e adegas e construiu um novo restaurante, com o dobro da capacidade do anterior. Porque a Herdade pensou no seu negócio, foi ainda criado um espaço multiusos para 110 pessoas de grupos ou empresas; um wine bar e uma nova loja, além de que a cozinha foi reformulada para responder a elevados padrões de qualidade e funcionalidade. E é nesta cozinha que renascem receitas ‘com memória’ de uma cultura de saberes e sabores regionais, provenientes da horta, de dois hectares, do Esporão.

 

A Herdade

Respeito pelos valores regionais, ligação à terra e às origens são as bases desta Herdade, cujo projeto recorreu a materiais locais ou nacionais e à contratação de arquitectos e designers portugueses. Fala-se em casos como o arquitecto Miguel Oliveira, o designer Gonçalo Prudêncio e o estilista e diretor criativo da Lacoste, Felipe Oliveira Baptista, que desenhou o vestuário dos funcionários.

Para os visitantes ficam sugestões que têm a sustentabilidade e o respeito pela natureza como premissas, desafiando-os a conhecer métodos de tratamento da vinha e do olival, algumas em processo de certificação de agricultura biológica; o campo ampelográfico com 188 castas de uva; os abrigos de morcegos que ajudam a controlar as pragas, as ribeiras, linhas de água, o montado e a área florestal, protegida e monitorizada pela equipa de biólogos do Esporão.

 

Créditos: Alexandre Delmar

Créditos: Alexandre Delmar

Provas, cursos e gastronomia

Aqui a descoberta dos sentidos é essencial, realizando-se provas de formação, que permitem identificar as características do vinho, reconhecer virtudes e possíveis defeitos, diferenciar castas ou, simplesmente, saber como segurar um copo, perceber quais as temperaturas ideais ou a conjugar o sabor da comida com os vários néctares.

Além das provas, contam-se ainda os cursos, começando pela Iniciação à Prova, que abarca módulos de serviço de vinhos, aromas, ligações enogastronómicas, provar vs beber, e processos de vinificação e construção de lotes. E nada como, depois de realizar estas experiências, certificá-las com um diploma.

Créditos: Alexandre Delmar

Créditos: Alexandre Delmar

Mas como nem só de vinho vive a Herdade do Esporão, a gastronomia ganha destaque no Restaurante Galeria do Esporão, liderado pelo chef Miguel Vaz. Há uma forte aposta em produtos locais de qualidade, incluindo alguns que caíram no esquecimento – como o peixe de rio, os cardos, as beldroegas e cilarcas –, mas também os mais utilizados, como borrego, queijos tradicionais, pão alentejano, ervas e azeitonas, entre outros.

A gastronomia é, assim, abordada como elo de ligação entre a cultura do vinho e do azeite, as tradições, o cultivo e produção próprias e o meio ambiente, reinventando a tradição de modo a originar pratos autênticos.

A si cabe-lhe a parte mais fácil, partir nesta aventura e deixar-se viver nesta história…

 

Por Liliana Cunha
Contactos:
 
Herdade do Esporão, 7200-999 Reguengos de Monsaraz
Telefone:266 509280
E-mail: reservas@esporao.com
Website: www.esporao.com

 

Subscrever RSS via Email:

Subscreva Onde ir e receba actualizações na sua caixa de correio

Partilhar este artigo

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>