“Caprichos de Goya” em exposição até 10 de setembro

A Câmara Municipal de Sintra e a Fundação Cultursintra FP, em parceria com o Museo Casa Palácio tem patente no MU.SA – Museu das Artes de Sintra, até 10 de setembro, a exposição “Caprichos de Goya”.

Um projeto UAU, que conta com o apoio da UNESCO e da Fundació Fórum Universal de les Cultures e que pode ser visitado de terça a sexta-feira, das 10h às 20h e sábados e domingos, das 14h às 20h.

Francisco de Goya y Lucientes (1746-1828), pintor e gravador espanhol, fundador do movimento Romântico e percursor do Impressionismo, foi um dos mais importantes artistas plásticos do final do século XVIII. Embora pintor oficial da corte de Carlos IV, de Espanha, foi um crítico feroz à sociedade em que viveu, como demonstrou em “Caprichos”, uma coleção de 80 gravuras onde censurou os vícios humanos e as instituições políticas, denunciou as injustiças sociais e satirizou os comportamentos da sociedade, sobretudo das classes da nobreza e clero.

Passados quase 200 anos, a necessidade de justiça social manteve-se pelo que a UNESCO, em paralelo com o plano Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (ONU), promove o projeto Dancing for the Millennium Goals (A Dançar pelos Objectivos do Milénio), no qual a presente exposição se insere. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.