Festival Poeiras regressa ao Parque dos Poetas a partir de amanhã

O Parque dos Poetas, em Oieras, recebe o festival Poeiras da Língua Portuguesa entre 8 e 10 de setembro. Espetáculos musicais, recitais de poesia, contadores de histórias, atividades para crianças e encontro de culturas fazem parte da programação deste evento pensado para toda a família.

O Palco Poeiras – situado no anfiteatro do Parque dos Poetas – servirá de cenário aos grandes eventos diários do Poeiras. É ali que irão atuar Bruno Nogueira e Manuela Azevedo com o projeto “Deixem o Pimba em Paz”, um novo olhar que resgata com humor e muita qualidade musical a música popular portuguesa.

No segundo dia sobe ao palco Aline Frazão, com o espetáculo “Insular”. No fecho, uma novidade: o Eletro Poeiras, com a atuação do DJ internacional Ricardo Imperatore e convidados.

Para o palco Alameda está reservada uma experiência diferente: os ritmos tradicionais dos vários continentes que albergam a lusofonia, desde o funaná ao samba, passando pela marrabenta, para conhecer e dançar.

Mais uma vez, no Poeiras a palavra será rainha. Todos os dias acontecem recitais de poesia, uma oportunidade para tomar contato com a essência poética do mundo lusófono. Espetáculos com lugares limitados serão apresentados diariamente no Auditório do Templo da Poesia e contadores de histórias tradicionais receberão toda a família no aconchego do parque, nas sombras do Bosque Poeiras e na Pirâmide/Pouso Poeiras algumas surpresas e performances poéticas surgirão quando o público menos esperar.

Os espaços verdes estarão invadidos por inúmeras atividades dirigidas, muito especialmente, ao convívio em família. O Poeirinhas é a área do Poeiras destinada aos mais pequenos. Conhecer e experimentar jogos de hoje e de ontem, assistir e participar em oficinas, ver a maravilha da cultura das pipas brasileiras (muito mais do que papagaios), fazer um piquenique ou simplesmente relaxar, enquanto se é surpreendido com as performances poéticas, ali tudo será permitido.

A Alameda dos Poetas transformar-se-á em Alameda das Culturas. De um lado, a oportunidade de conhecer artesanato português contemporâneo. Do lado oposto, produtos gastronómicos tradicionais dos países lusófonos. Oportunidade de ouro para provar os sabores das diferentes culturas. É também por aqui que desfilarão os cortejos de celebração, convidando o público a festejar o fecho do verão. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *