Ibiza, grandes praias e noites loucas ou património cultural e hippy style ?

Ibiza é mundialmente conhecida pelas suas praias de águas azuis turquesa, baías escondidas e, claro, pela vida noturna. Entre as mais de 50 praias, as mais arrebatadoras e merecedoras de visita são Cala Llonga, pequena e acolhedora, protegida numa baía abrigada, Las Salinas, uma das mais bonitas, localizada numa zona única da ilha, ao lado do Parque Natural de Ses Salines e numa zona de dunas e pinheiros que irradia tranquilidade, as suas águas são especialmente cristalinas. Cala Xarraca, pequena praia de águas transparentes ideal para amantes dos saltos para a água (tem uma rocha alta que permite tais aventuras) e do snorkling, e Es Caná, praia de águas límpidas e cristalinas, mas com a particularidade de ser bastante rasa, com água cálida, ideal para famílias com crianças e malta que aprecia relaxar nos seus colchões insufláveis são outras duas referências que merecem uma visita.

Las Salinas
Las Salinas

Para quem gosta de juntar a uma boa praia, música e festas Non Stop não pode deixar de passar pela Praia d’En Bossa, uma das mais populares de Ibiza, conhecida sobretudo pelas suas discotecas “diurnas” Space e Ushuaïa e bares de praia que martelam música e animação durante todo o dia e noite. Local ideal para quem não procura descanso.

Falando de festas, discotecas e animação, Ibiza é o local ideal para viver de noite. A cidade é uma festa única, com bares, Pachadiscotecas, cafés e animação que duram a noite toda. É na rua pedonal de Vara de Rey onde tudo começa. É aqui que se concentra grande parte da animação da cidade com inúmeros bares e é por aqui que passam as paradas das discotecas com os seus exuberantes figurantes, que animam as ruas de Ibiza. Pela ilha passam alguns dos maiores nomes da música eletrónica, como David Gueta e Steve Aoki. É só escolher o local e é diversão na certa. Os dois locais mais famosos são a Amnésia e o Pacha, tendo este último, grandes nomes da música eletrónica, residentes durante toda a temporada de verão.

O que fazer para lá da noite e das praias?

Se é daquelas pessoas que não aguenta uma semana de praia existe toda uma outra Ibiza desconhecida para lá do glamour das festas e dos clubes noturnos, uma Ibiza com um forte património cultural e riquezas naturais únicas. Dalt Vila ou Cidade Alta na capital da ilha, conhecida por Ibiza ou Eivissa, é a chamada zona velha e está localizada numa encosta à beira mar com uma vista privilegiada da cidade. Foi declarada Património da Humanidade pela UNESCO por ser a fortaleza costeira melhor preservada do mediterrâneo. A vista lá de cima, das muralhas e dos diversos baluartes, é deslumbrante e permite-nos descobrir os diversos ângulos de Ibiza.  As suas muralhas albergam 2.500 anos de história, diversos baluartes que em tempos garantiam a defesa da cidade, a Catedral dedicada a Nossa Senhora das Neves, patrona de Ibiza, o Museu Arqueológico, com memórias importantes da época em que Cartago dominava o Mediterrâneo, a Igreja de Santo Domingo, entre outros pontos de interesse. Recomendo uma visita logo pela manhã quando está mais fresco e é mais agradável deambular pelas estreitas ruas desertas.

Dalt Vila
Dalt Vila

Ibiza é também conhecida por ter uma forte comunidade hippie cujos mercados decorrem um pouco por toda a Ilha. Reza a lenda que os primeiros visitantes europeus de Ibiza chegaram por altura dos anos 1930, atraídos pela liberdade e pelas paisagens naturais, mas foi nos anos 1960 que chegaram os primeiros hippie, desencantados com o estado do mundo pós II Guerra Mundial. As comunidades instalaram-se um pouco por toda a ilha, dando uma nova vida a uma terra até então bucólica e pachorrenta. Foram estas “Tribos” que deram origem a alguns dos mais emblemáticos mercados locais que passamos agora a conhecer.

Punta Arabí
Punta Arabí

Punta Arabí é o maior mercado hippie de Ibiza, com mais de 400 bancas e fica localizado na zona de Es Canar. Aqui pode encontrar-se artesanato local, moda, roupa dos mais diversos estilos, sapatos, bijutaria, brinquedos e recuerdos originais. O Mercado tem ainda diversos restaurantes e uma tenda com música ao vivo. Tem lugar todas as quartas-feiras.

Las Dalias, um dos mais míticos mercados hippies de Ibiza, acontece todos os

Las Dalias
Las Dalias

sábados, perto de Santa Eulália e tem ambiente festivo e muito exótico. Muitas das peças aqui vendidas são de produção artesanal, feitas à mão pelos hippies e é o local ideal para encontrar as típicas peças de roupa branca de Ibiza.

Sugestão de escapadinha de um dia – Formentera

Formentera é conhecida essencialmente pelas suas magníficas praias de areia branca e águas transparentes, rodeadas da mais fantástica paisagem natural. A principal atração desta ilha é precisamente a sua natureza protegida e intocada pelo homem, fruto de um turismo sustentável que aposta em manter a ilha no seu estado mais selvagem, protegendo as suas riquezas naturais e a sua beleza paradisíaca.

A melhor forma de conhecer Formentera é de scooter ou de bicicleta e a deslocação pode ser feita a partir de Ibiza em ferrys que demoram de 30 minutos a 1h dependendo do ponto de partida. É por isso um excelente passeio a fazer para quem está de passagem por Ibiza.

Formentera
Formentera

Chegados a Formentera a corrida faz-se em direção às motas e bicicletas. Na verdade, Formentera é um dos melhores destinos para conhecer de bicicleta, mesmo para quem não tem grande espírito desportivo. As rotas estão bem assinaladas e a ilha tem apenas cerca de 18 km de largura e é quase plana. O passeio de bicicleta é fabuloso e a melhor forma de conseguirmos percorrer os trilhos mais selvagens como o parque natural das Salinas. O verão é uma altura complicada para grandes passeios uma vez que o calor e a humidade são implacáveis, mas com chapéu, protetor solar e muita água dá para percorrer alguns trilhos, aproveitar para conhecer algumas praias e também alguns monumentos espalhados um pouco por toda a ilha. É só escolher a rota certa e partir à aventura.

 

Guia Prático 

Como ir: existem voos regulares de Lisboa e Porto para Ibiza de diversas companhias como a Iberia ou a Vueling (voos diretos) e com escala pela Air Europa.

Onde ficar: A maior parte das pessoas prefere ficar no centro da capital para poder sair à noite. Quem for à procura de uma experiência mais calma recomendo ficar fora dos principais centros urbanos (Ibiza, Santa Eulália e Santo António) e procurar uma das muitas Callas que existem em redor da ilha. Recomendo o Sirenis Cala Llonga estava mesmo em cima da praia, tinha boas condições e ficava a 20-30 minutos de autocarro de Ibiza.

Como se deslocar: Depende do lugar da ilha onde estiver hospedado mas o sistema de autocarros é bastante eficiente e liga praticamente todos os pontos de interesse da ilha. Existem também umas pequenas lanchas que fazem a ligação entre diferentes vilas costeiras. Se não é de enjoar recomendo porque são muito divertidos. Para os mais aventureiros é possível alugar scooters em quase todas as localidades. No entanto as estradas são estreitas e os carros passam a rasar (e não existem bermas para se desviarem).

 

Por Sónia Dias Blog de Viagens | Travel Random Notes 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *