“Noites de Queluz” encerram com dois concertos

A edição 2017 das “Noites de Queluz – Tempestade e Galanterie” encerra este fim de semana, com dois concertos em que a música portuguesa está em destaque: na sexta-feira, 27 de outubro, a pianofortista espanhola Laura Fernández Granero atua pela primeira vez em Portugal e, dois dias depois, no domingo, 29 de outubro, o concerto de encerramento apresenta a estreia mundial moderna da serenata “Il Natal di Giove”, de João Cordeiro da Silva.

Foi fora dos seus países de origem que João Domingos Bomtempo (1775-1842) e Muzio Clementi (1752-1832) conheceram a fama. O português alcançou prestígio em Paris e em Londres, e o italiano em terras de Sua Majestade, para onde cedo foi morar, mais tarde se naturalizando inglês. Compositores, pianistas virtuoses e pedagogos, ambos, foram igualmente grandes amigos, amizade essa revisitada no concerto de 27 de outubro, às 21h30, cujo subtítulo é “Os alvores do Romantismo em Portugal” e que tem lugar na Sala da Música do Palácio Nacional de Queluz. Um programa de sonatas, danças, variações e pequenas peças de Bomtempo e Clementi, que será interpretado pela jovem pianofortista espanhola Laura Fernández Granero, naquela que é a sua primeira atuação em Portugal. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *