Cuba, o destino que todos adoram

Cuba é um país único onde tudo pode acontecer. Os cubanos são bem-dispostos, conversadores e com uma enorme vontade de receber e de dar a conhecer o que têm de melhor.

Existem inúmeros destinos em Cuba, mas os mais concorridos são sem dúvida Havana, porque nenhuma viagem a Cuba está completa sem uma visita à sua icónica capital, e Varadero, pelas suas águas, praias e resorts que convidam aos descanso.

Varadero

A aventura normalmente começa por Havana, uma cidade de contrastes, onde nos deixamos embalar pelas suas ruas caóticas, a sua boa disposição, música e alegria de viver. Já muito foi dito sobre a Havana, mas existem alguns clássicos por onde não podemos deixar de passar como o Paseo del Prado (atual Paseo Martí) onde encontramos os elegantes cinemas antigos, mansões e hotéis de traça colonial, ou a Plaza Central, um dos principais pontos de encontro de Cuba, para onde tudo parece confluir.  É um dos melhores locais para apreciar os clássicos carros americanos dos anos 50, que são uma das imagens de marca da ilha. A Praça é ladeada pelo edifício do Teatro Nacional, uma das maiores Casas de Ópera do mundo e é ornamentada com a Estátua do herói nacional José Martí.

Plaza Central – Teatro Nacional

Um dos pontos de maior interesse é a zona histórica da cidade – Havana Vieja – onde se encontra a maior concentração de edifícios coloniais e alguns locais emblemáticos como a Catedral San Cristobal, a Basílica e Convento de São Francisco, o Castelo da Real Fuerza, a mais antiga fortaleza de Cuba datada de 1558, construída ainda pelos espanhóis, a Plaza de Armas e a sua famosa Feira do Livro, o Palácio dos Capitães Generais e a Plaza Vieja.

Nenhuma visita a Havana fica completa sem um Daiquiri na La Floridita e um mojito na Bodeguita del Medio, 2 locais tornados famosos por Hemingway nas suas viagens a Cuba. E para quem não resiste ao chamamento da música cubana recomendo ainda, junto à Plaza Vieja, uma passagem noturna pelo Café Taberna onde por 30 CUC (cerca 30€) é possível assistir a um espetáculo do Buena Vista Social Club.

Hotel Nacional

Havana tem muitos pontos de interesse e é uma cidade relativamente ampla, pelo que a melhor forma de ficar com uma panorâmica geral é através de um passeio de cerca de 1h num dos famosos clássicos americanos. Além da experiência, ficamos a conhecer locais mais afastados como Hotel Nacional, o Malecón ou Plaza de la Revolucion. O Hotel Nacional é um clássico que do alto da colina tem se mantido inalterável ao longo dos anos (foi quartel-general de Fidel Castro durante a Crise dos mísseis de 1962). É um espaço cheio de história e de estórias. O Malecón é o passeio ribeirinho da cidade com cerca de 8 km e liga a Velha Havana à Nova Havana. Quem gosta de ver os clássicos a acelerar é este o local ideal. É também aqui que os cubanos vem dar o seu passeio de final de tarde ao por do sol. A Plaza de la Revolucion é um dos locais mais icónicos da cidade. Aqui se reuniram milhares de pessoas para ouvir os discursos de Fidel Castro e é o local emblemático das comemorações do 1º maio.

 

 

Varadero

Depois de nos deixarmos apaixonar por Havana nada melhor que uns dias nas águas cálidas de Varadero. Varadero é uma das mais famosa das praias de Cuba, localizada a 130 km de Havana e, curiosamente é o ponto mais próximo geograficamente dos Estados Unidos. É o local ideal para quem procura diversão e descanso. As suas águas quentes e a praia de areias brancas e finas, com uma extensão de 20 km, fazem de Varadero um local inesquecível não só para quem aprecia apenas ficar na praia a relaxar, mas também para os apreciadores de atividades e aventura – andar pela praia, desportos radicais, excursões culturais ou aquáticas.

Normalmente quem escolhe passar umas férias em Varadero fá-lo para descansar e desfrutar de uma total calma e tranquilidade nas suas belas praias de águas tépidas e de um azul deslumbrante e das comodidades de um resort tudo incluído. Porém, existem algumas atividades que podem realizar para preencher os dias de ócio e espreguiçadeira:

 

  1. Visita a Varadero, a cidade

Sim, Varadero é mais do que a praia de areia branca que fica para lá do bar do hotel. Varadero é uma das cidades mais antigas de Cuba (fundada em 1887) que se estabeleceu como destino turístico no final do século XIX, para a alta sociedade. É um excelente local para um passeio ao fim do dia, início da noite onde podem os seus cinemas, centros culturais, lojas e mercados de artesanato e provar a verdadeira comida local.

 

  1. Excursões aquáticas

O calor pede água e em Varadero existem inúmeras opções de excursões para ver os corais, peixes, algas, etc, com snorkling ou até mergulho para os mais aventureiros.

Se você gosta de cultura, a cidade é povoada por pequenos centros culturais onde artistas locais exibem seus melhores trabalhos, com o fundo suave de bandas decorando o ambiente.

 

  1. Cultura e tradição

Para quem não consegue ficar apenas na praia e gosta de conhecer um pouco mais existe excursões a Havana, Trinidad e Cienfuegos, 3 das mais belas e icónicas cidades de Cuba, com uma arquitetura colonial única e paisagens fabulosas, e com locais históricos Património da Unesco.

 

Guia Prático

Quando ir: Apesar de o pico ter lugar entre julho e setembro a melhor época para ir é mesmo em dezembro ou janeiro. Passada a época dos furacões, o tempo está mais estável e ao mesmo tempo mais fresco.

Onde ficar: Em Havana existem pequeno hotéis onde é possível ficar na cidade ou lá perto, sem grandes luxos, mas com qualidade. Em Varadero abundam resorts tudo incluído e é mesmo só uma questão de qualidade vs preço.

Onde comer:  Em Havana existem pequenos restaurantes e casa familiares onde é possível provar a comida local, feita por quem conhece os sabores desde sempre. Se prefere jogar pelo seguro, existem alguns restaurantes de comida internacional. Em Varadero, recomendo sair um pouco do Hotel e ir experimentar o peixe e marisco locais num dos restaurantes da cidade.

Moeda: Existem duas moedas, mas só uma pode ser utilizada por turistas os CUC – Pesos conversíveis – criados para evitar a grande desvalorização da moeda local (CUP ou pesos Cubanos). Assim, 1 CUC equivale a 1 USD/€.

 

Por Sónia Dias

Blog de Viagens | Travel Random Notes 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *