Évora Creative Market decorre a 14 e 15 de setembro

O Páteo de São Miguel, espaço do antigo Castelo de Évora, é palco da 2.ª edição do Évora Creative Market, nos dias 14 e 15 de setembro. Um mercado urbano de produtos de autor, originais e criativos, nas áreas da moda, joalharia, decoração, arte, design, cerâmica, gourmet e outros. É também um ponto de encontro, com concertos, oficinas, gastronomia, animação de rua e street food. 

Este evento inscreve-se no projeto “Uma pausa para património” promovido pela Fundação Eugénio de Almeida, que visa a criação de ações de animação de forma a favorecer a fruição dos espaços urbanos através da sua apropriação pela comunidade e pelos visitantes de Évora. Esta dinâmica contribui de forma positiva, para a revitalização dos centros históricos, constituindo um factor estruturante das lógicas de regeneração urbana.

Localizado no Centro Histórico de Évora, o Páteo de São Miguel é detentor de uma elevada carga simbólica, um espaço que ao longo dos séculos foi moldado por sucessivas ocupações e serviu de cenário a acontecimentos marcantes da história da cidade e do país.

Nos nossos dias, este conjunto oferece um enquadramento cénico singular na cidade para a realização de ações de valorização do património ao ar livre e representa, nessa perspetiva, uma oportunidade para cruzar a história da cidade e os seus testemunhos materiais com a vivência quotidiana da comunidade.

O Évora Creative Market oferece ainda um programa cultural e de animação diversificado. Na sexta-feira, 14 de setembro, a abertura oficial fica a cargo dos Swing Station, um convite para regressar aos loucos anos 20, cuja revolução nos modos de estar, na moda e na sociabilidade criaram oportunidade infindáveis à criatividade e à inovação… até na dança. Ao final da tarde, a partir das 19h00 haverá lugar para o Jazz, com os Mazarin, para às 21h30 voltarmos à companhia irreverente dos Swing Station.

No sábado há uma Ronda pelo Mercado, ao som de Cante Alentejano. À noite, às 21h00, atua o Pedro Jóia Trio, um dos mais conceituados projetos da música portuguesa. Com Pedro Jóia na guitarra clássica, Norton Daiello no baixo e João Frade no acordeão: três virtuosos músicos, com percursos marcantes no Fado, no Flamengo e no Jazz.

No Évora Creative Market estão presentes mais de 40 expositores provenientes de todo o país, que apresentam projetos inovadores de arte, design, joalharia, tecelagem, moda, cosmética, mas também de gastronomia com produtos gourmet, sem faltarem os jogos e brinquedos para crianças. O evento conta ainda com uma Praça da Restauração onde se destacam projetos arrojados e criativos a partir do conceito de street food, a acompanhar com o vinho da Adega Cartuxa.

A organização está a cargo da Fundação Eugénio de Almeida e Mapa Eventos.

 

  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *