Ferroviário reabre de “cara lavada”

Nova gerência, nova decoração e nova programação, assim regressa o Ferroviário, o espaço lisboeta, do número 59 da rua de Santa Apolónia, que nasceu em 1961 para receber um conjunto de atividades culturais, desportivas e recreativas dos funcionários da CP, mas que em 2010 se sagrou como bar/terraço e palco de uma das melhores vistas de Lisboa.

Depois de dois anos fechado ao público, o renovado espaço, composto por dois palcos independentes, terraço ao ar livre com 500m2, bar e sala de espetáculos, apresenta uma nova programação onde se destacam talentos emergentes da cidade, de áreas tão variadas como a música ou o cinema, passando pela fotografia, a pintura, as artes plásticas, a gastronomia, e outros.

Nuno Correia Pereira, sócio do espaço, realça que “o Ferroviário é um espaço para os lisboetas onde a diversidade e a qualidade vão andar de mãos dadas. Da decoração, à programação, tudo foi pensado ao pormenor para que aqui, se sintam em casa. Criámos diferentes ambientes, com programação distinta pois o nosso público é abrangente e, por isso, a nossa proposta de entretenimento também o será”, acrescentando que “a vertente gastronómica era, também, muito importante e também aqui apostámos em novos talentos. Teremos uma carta de pratos leves, para petiscar, confecionados por o conceituado chef colombiano, Nico Martínez-Villalba, (que foi chef privado de estrelas internacionais como Rihanna e Justin Bieber), recém-chegado a Lisboa”.

Da carta o chef destaca “Capuccino de Camarão”, “Sanduiche de barriga de porco cozinhada a baixa temperatura, ananás fresco, cebola picle e salsa verde”, “Ceviche de polvo com banana da terra frita, cebola, bacon crocante, coentros e requeijão”, “Mexilhões verdes a chalaca”, “Hot dog de chorizo argentino com molho de chimichurri e pimento grelhado” e Croquettes de arroz com coco, hummus de feijão branco e coentros”.

A curadoria de toda a programação Ferroviário ficará a cargo de Davide Pinheiro, conhecido jornalista e DJ, que selecionará os diferentes talentos que, ao longo de toda a semana, passarão pelos diferentes espaços.

O Ferroviário mantém a sua arquitetura de raiz intacta, sendo a decoração uma das grandes novidades para surpreender os visitantes, os espaços interiores, desenvolvidos em parceria com uma empresa de materiais cénicos, remetem para o luxo decadente e os ambientes cabaret, com forte aposta nos veludos, dourados, efeitos de luz e peças vintage.

O terraço ficou a cargo do arquiteto Ricardo Seguro Pereira. O seu grande desafio: tornar um espaço amplo e algo devassado, num espaço acolhedor e repleto de recantos agradáveis. O designer apostou em manter (e promover) a vertente industrial do próprio espaço e da zona, suavizando-a com a criação de diferentes zonas de estar e um toque tropical, atribuído pelas madeiras, vergas, palhinhas e plantas. O amplo balcão central, o palco revestido por um jardim vertical, o inusitado balcão de mármore para o rio, o chão feito com solipas de madeira dos caminhos de comboio, a iluminação abundante e as redes de sombra conferem a este espaço uma série de contrastes e particularidades que o tornam único.

Mais informações:

Rua de Santa Apolónia, 59 – LISBOA

Reservas: 968 605 235

HORÁRIOS: Quarta e quinta – 18h às 02h; Sexta – 18h às 03h; Sábado – 14h às 03h; Domingo – 14h às 02h; Encerra às segundas e terças. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *