Festas e feiras que não quer perder

Setembro está aí à porta e as festas e feiras continuam um pouco por todo o país. Escolhemos quatro exemplos, que todos os anos “arrastam” multidões…

 

Feira da Luz – Lisboa

É bom regressar a Lisboa, depois das férias grandes e das idas à praia e ter uma festa que se estende o mês de setembro perto de casa. A Feira da Luz, organizada pela Junta de Freguesia de Carnide, dedicada à Nossa Senhora da Luz, e que remonta à Idade Média, tem início no abado, 1, com a inauguração de duas exposições, a Carnide, Ecofreguesia XXI e a Lustek, dedicada à fotografia subaquática. Mais tarde, por volta das 19 horas, haverá ainda um desfile com a Marcha Popular de Carnide e o concerto com a banda Radiofive para animar a noite. No dia seguinte, os visitantes podem juntar-se aos jogos tradicionais (16h) e à aula aberta de forro, duas atividades que vão estar à disposição. Mas ao longo de todo o mês haverá mais concertos (ver lista), onde se destacam os artistas Lena D’Água (dia 8), Toy (dia 21), Carolina Deslandes (dia 22) e Clã (dia 30); tertúlias sob a sustentabilidade e ambiente na freguesia, desfiles de capoeira, visitas guiadas ao centro histórico e leituras encenadas e passeios a cavalo com militares da GNR na Quinta das Carmelitas (entrada pelo portão situado nas traseiras do placo). Entre tantas outras atividades, como sessões de teatro. Mas também pode ir à Feira da Luz simplesmente para andar de carrossel, comer algodão doce ou umas farturas.

Dia 1 – Radiofive – 21h30
Dia 7 – Cantigas do Festival – 22h30
Dia 8 – Lena d’Água – 21h30
Dia 14 – Fado Lelé – 21h30
Dia 15 – Carapaus, Azeite & Alho – 21h30
Dia 21 – Toy – 21h30
Dia 22 – Carolina Deslandes – 21h30
Dia 28 – Luiz Caracol – 21h30
Dia 19 – Aurea – 21h30
Dia 30 – Clã – 21h30

 

Festa do Avante – Seixal

Está quase a começar mais uma edição da Festa do Avante, na Quinta da Atalaia, no Seixal. Durante três dias, 7, 8 e 9 de setembro, a par dos animados debates políticos, onde se vão discutir temas como a construção do novo aeroporto, os transportes públicos, a redução do horário de trabalho, entre outros assuntos da atualidade e de interesse geral, haverá ainda conversas com os escritores Mia Couto (sábado, 14h), Isabela Figueiredo (dom, 14h) e Ondjaki, autor de uma vasta obra publicado em cerca de 20 países, vencedor do prémio José Saramago em 2013 (dom, 15h). Já a programação musical, um dos momentos mais aguardados – juntamente com o debate estará presente em vários palcos e a cargo dos músicos: Janita Salomé (sáb 17h), The Black Mamba (sáb 17h), Sérgio Godinho (sáb 21h), The Legendary Tigerman (sáb 21h30), Dead Combo (sáb 24h), Capitão Fausto (dom 17h), Ana Bacalhau (dom 17h). Quando o apetite der sinal de vida, nada melhor do que ir espreitar a zona dedicada à gastronomia e petiscos. Neste recinto vão estar à prova diferentes petiscos, divididos por regiões: Ensopado de borrego, cozido de grão à alentejana, no Restaurante de Beja; a Caldeirada à moda de Sines e o Arroz à Pescador, no Restaurante do Pescador – Litoral Alentejano, e do Solar da Posta de Bragança, pode provar-se a posta Mirandesa, feijoada à transmontana e a vitela no Pote. Para quem quiser evitar as longas filas de trânsito, vale a pena ficar a acampar, usando a tenda (€7,50) ou na caravana (€15). Quinta da Atalaia, no Seixal: sex (7) 19h-23h; sáb (8) 10h1h30, dom (9) 10h-22h30

 

Feira de São Mateus – Viseu

Até 16 de setembro, todos os caminhos vão dar a Viseu por iniciativa da Feira de São Mateus, uma das mais concorridas do país que tem vindo a ultrapassar, nos últimos anos, a barreira de um milhão de visitantes. Este ano, esta feira de cariz popular que conta já com mais de 600 anos (foi criada pela Carta de Feira concebida pelo réu S. João I em 109 de janeiro de 1392) vai reunir em palco alguns nomes conhecidos da música portuguesa. Ora tome nota de alguns concertos que vão acontecer no palco principal: Paus (dia 30 agosto), Calema (31 agosto), Rui Veloso (1 setembro), Grupo Afro Gospel Miguel Vieira – Assembleia de Deus e Yvette Band (2 de setembro), Orelha Negra (dia 6), Diogo Piçarra (dia 8). Já na noite de 14, é a vez de Manuela Azevedo, vocalista dos Clã e o humorista Bruno Nogueira apresentarem o espetáculo “Deixem o Pimba em Paz”. No dia seguinte, é a vez da banda portuguesa mais querida dos portugueses, os Xutos & Pontapés encantarem a plateia com as suas músicas antigas e novas. Encerra no domingo, 16 com o Rancho Folclórico do Caçador (18h), Grupo de Cantares Populares de Travassós de Orgens (19h) e a Banda da Armada (21h30).

 

Festival Colombo – Ilha do Porto Santo

Todos os anos, a ilha do Porto Santo, no arquipélago da Madeira, acolhe um ilustre mercador que ali residiu: Cristóvão Colombo. Entre 13 e 15 de setembro, o Festival Colombo recria, na cidade de Vila Baleira, o desembarque e cortejo histórico para a receção do mercador. O evento inclui ainda um mercado quinhentista, no qual está presente a gastronomia, artesanato, arruadas, artes circenses, teatralizações e encenações de peripécias de paz e de guerra comuns na época, jogos de destreza, treino de armas, acrobacias e malabarismos, muita música e danças exóticas. O espetáculo tem início com o emergir no horizonte de uma réplica de uma caravela Santa Maria de Colombo, trazendo a bordo o navegador genovês e a sua comitiva numa das suas visitas a Porto Santo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.