Museu de Portimão inaugura exposição “Brinquedos de lata” 7 de julho

O Museu de Portimão inaugura no próximo dia 7 de julho, às 17 horas, a exposição “Brinquedos de lata”. Uma mostra que reúne peças fabricadas em Portugal, como lambretas, triciclos, carros, camiões, comboios, aviões, fogões, máquinas de costura, ferros de engomar, baldes e pás de praia, entre outros objetos, e que resulta do interesse de Carlos Anjos e do restaurante CAN the CAN, em Lisboa, na recolha e coleção deste género de artefactos.

Foi no início do século passado que a produção dos primeiros brinquedos tradicionais em lata “chapa de folha-de-Flandres” se iniciou em Portugal, pelas mãos do artesão José Augusto Júnior “JAJ”. Com a 2.ª Guerra Mundial a folha-de-flandres começou a escassear dando origem à procura desta matéria-prima, sobretudo na região norte, em Alfena e depois em Gondomar e Ermesinde, em fábricas de conservas de Matosinhos, nas litografias de chapa e sucatas, reutilizando as sobras e as latas já utilizadas, de forma a dar continuidade ao fabrico de brinquedos. Considerando que maioritariamente os brinquedos passaram a resultar da reciclagem de latas de azeite e sardinha faz sentido que estas memórias sejam agora partilhadas num espaço que outrora foi uma antiga fábrica de conservas.

Os brinquedos em exposição constituem-se como um marco na vivência das gerações entre os anos 20 e 60 (século XX), sobrevivente ao esquecimento e à chegada do plástico. Estas memórias coloridas podem ser recordadas e apreciadas no Museu de Portimão até ao dia 2 de setembro, no seguinte horário: até 31 de julho, de quarta a domingo, das 10h00 às 18h00 e à terça, das 14h30 às 18h00 e no horário especial de verão de 1 a 31 de agosto, de quarta a domingo, das 15h00 às 23h00 e à terça entre as 19h30 e as 23h00. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *