O melhor presunto vai estar à prova em Jerez de los Caballeros

O XXIX Salón del Jamon Ibérico, em Jerez de los Caballeros, em Espanha, decorre entre 3 e 6 de maio, e pretende atrair cada vez mais turistas portugueses.

A apresentação do evento decorreu esta quinta-feira, 12 de abril, no Hotel Real Palácio, em Lisboa, por parte do vice-presidente do Turismo da Província de Badajoz, Lorenzo Molina, a Presidente da Câmara de Jerez de los Caballeros, Virgínia Borrallo Rubio e a diretora da Feira, Elena Macarro.

O certame, que desde 1990 se realiza e que recebe mais de 30 mil visitantes, vai contar com 45 stands dos melhores produtores de presunto da região. Concursos, wokshops de gastronomia onde o presunto é o protagonista são apenas algumas das iniciativas que ali vai encontrar, mas o programa é bem mais extenso, pelo que lhe sugerimos que visite o site da feira, para não perder pitada.

Entre as novidades e segundo Virgínia Borrallo Rubio revelou ao Onde Ir, este ano destacam-se, para além do já habitual Concurso Jamón de Oro, em que se premeia o melhor presunto presente na Feira, “haverá também um prémio para o melhor terreno onde se criam os suínos. Mas há mais, a Escola de Hotelaria de Mérida também fará pratos com presunto e teremos uma demonstração de vinhos que se faz pela primeira vez este ano num dos palácios de Jerez de los Caballeros. De destacar ainda a Rota das Tapas, que também este ano, pela primeira vez, será lançada”.

Para Lorenzo Molina, a apresentação desta feira em Portugal faz todo o sentido, uma vez que “este é um dos produtos gastronómicos mais importantes da Província de Badajoz. Este é um produto que move uma parte económica muito importante na nossa região e entendemos que deve ser também um cartaz turístico para mostrar aos nossos vizinhos portugueses o nosso património cultural, artístico e histórico”.

Relembrando que de Lisboa a Jerez de los Caballeros distam apenas três horas de viagem, o vice-presidente do Turismo da Província de Badajoz deixa no ar o convite a todos quantos queiram “fazer uma escapadinha de fim de semana, numa zona calma, com uma oferta de alojamento rural bastante variada, não só durante a realização do Salón de Jámon Ibérico, mas também na Semana Santa ou ainda no verão para assistir ao Festival dos Templários”. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *