Somersby Out Jazz regressa em maio com edição mais sustentável

A 12.ª edição do Somersby Out Jazz, festival de música ao ar livre, regressa a partir de maio, aos domingos, até setembro, num jardim diferente a cada mês e, claro, gratuitamente. Este ano o Out Jazz aliou-se ao Movimento Claro para promover uma edição sem a utilização de palhinhas.

Desde cedo focado em consciencializar o público para um mundo mais sustentável, o #Outjazzsempalhinhas pretende dar visibilidade a este projeto que tem origem em Cascais e visa acabar ou reduzir a utilização de plástico. Também por isso, o Somersby Out Jazz vai continuar a promover o uso de copos reutilizáveis.

“O Somersby Out Jazz caminha todos os anos para uma maior consciência global, onde determinadas ações implementadas visam consciencializar o nosso público para a sustentabilidade e defesa da natureza com bastante sucesso. Por isso, gostávamos de levar o Out Jazz a outras zonas do nosso país e, quem sabe, internacionaliza-lo”, diz José Filipe Rebelo Pinto, fundador do Somersby Out Jazz.

Sempre à procura de construir momentos inesquecíveis, acompanhados de uma Somersby bem fresca, esta 12ª edição do Out Jazz começa no Jardim da Torre de Belém, seguindo-se junho no Keil do Amaral, em Monsanto, julho no Parque Eduardo VII, agosto no Jardim da Estrela e setembro no Jardim do Campo Grande.

Aos sábados de maio, de forma excecional, o Somersby Out Jazz vai estar no Parque da Bela Vista Sul com a curadoria da BALLIN’, cujos embaixadores Dj Nel’Assassin, Dj Maskarilha e Camboja Selecta vão promover os melhores ritmos do Hip Hop e R&B.  Através de uma parceria com a rádio Oxigénio o Somersby Out Jazz vai também ser transmitido em direto no primeiro domingo de cada mês, quando os Djs da Oxigénio atuam, levando a boa onda deste conceito a todo o lado. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *