Cinco exposições que não pode perder

Por todo o país a cultura continua a dar que falar e são muitas as exposições que se podem visitar. Dinossauros, desporto e pintura são alguns dos temas que enchem espaços mais ou menos convencionais mas que vão surpreender todos os curiosos.

Invasão Pré-Histórica

O Braga Parque está cheio de dinossauros em escala real que podem ser visitados gratuitamente até 26 de agosto. A exposição é fruto de uma parceria com o Dino Parque da Lourinhã e para além de ver os exemplares pode também usufruir de várias atividades lúdicas como a escavação de blocos ou a modelagem de barro.

Fragmentos da Memória

“Fragmentos da Memória” é a exposição de pintura que a Casa-Museu Medeiros e Almeida, em Lisboa, recebe de 3 a 14 de setembro. A exposição individual de João Amoêdo Pinto reúne 20 peças assentes na exploração dos materiais e das suas memórias, assim como de memórias do próprio autor.

A Casa de Luanda no Porto

Já no Museu FC Porto, a partir de dia 23 de agosto pode visitar a exposição “A Casa de Luanda no Porto”, que transporta a história, a arte e o desporto do clube com a identidade angolana. A exposição estará patente até ao final do mês de outubro e tem entrada gratuita.

Luz Mulher

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

No próximo dia 24 de agosto, o Museu de Portimão vai inaugurar, pelas 18 horas, a exposição “Luz de Mulher – Sorolla, 100 anos depois”, uma iniciativa inspirada na obra “Pesca do Atum” de Joaquín Sorolla. A exposição estará patente até dia 29 de setembro.

XXXIX Salão Internacional de Pintura Naif

O Casino Estoril, em Lisboa, vai receber na Galeria de Arte o Salão Internacional de Pintura Naif mais antigo do mundo. A 39ª edição presta homenagem a Arménio Ferreira, referência nacional da modalidade pictórica. A exposição está patente até 10 de setembro e a entrada é gratuita.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.