Évora Creative Market arranca a 20 de setembro

Vem aí a edição de 2019 do Évora Creative Market, este ano sob o tema “Património, Tradição e Criatividade”. Nos dias 20 e 21 de setembro, o Páteo de São Miguel, localizado na zona do antigo castelo medieval de Évora volta a ser o palco para receber este mercado urbano de produtos de autor, numa iniciativa da Fundação Eugénio de Almeida.

Ali, mais de 40 artesãos nacionais e estrangeiros vão mostrar as suas peças nas áreas do design, decoração, moda, cerâmica e joalharia.

Quem for ao Páteo de São Miguel poderá ver propostas criativas como as da Vada, que alia o requinte do design às preocupações ambientais e da sustentabilidade, ou sugestões de decoração, digamos… muito aéreas, como é o caso do projeto No’Ar que a partir de plantas Tillandsias e Suculentas cria pequenos mundos e paisagens suspensas que cada um pode levar para casa. Outra sugestão é a diversidade de sabores gourmet como as especiarias da Índia da Guli Picantes e o tradicional licor italiano da Limontejo.     

No primeiro dia, sexta-feira, o destaque musical é para o concerto dos Oxibah, trio formado por Diogo Guanabara (Bandolim), Djâmen Farias (Guitarra) e Rogério Pitomba (Bateria), que nos trazem do Brasil uma linguagem musical inovadora entre o choro, o samba e o jazz. Na tarde de sábado a música ao vivo fica a cargo de Buba Espinho, uma voz que nasceu no Cante Alentejano e que tem a rara capacidade de nos transportar para o significado mais profundo das palavras. À noite, às 22h00, o encerramento do Évora Creative Market é assinalado com um concerto intimista da cantora Márcia que este ano se encontra novamente nomeada para os Globos de Ouro.

Para além da música, o Páteo de São Miguel onde se realiza esta iniciativa oferece ainda diversas atividades que convidam a um programa em família, como são os casos das oficinas de olaria, de tecelagem e de cestaria ou até dos desportos radicais, designadamente, através de uma torre de escalada que desafia os mais intrépidos a experimentar as dificuldades de quem há séculos se aventurava a conquistar o castelo de Évora.

Destaque ainda para projetos de street food, com abordagens biológicas, vegetarianas ou não, mas, em todo o caso, criativos e sempre com a possibilidade da sobremesa refrescante dos gelados artesanais. 

Será ainda possível rever no jardim do Paço de São Miguel, uma mostra de peças do projeto João Bruno Design, da autoria de João Videira, visitável até ao dia 29 de setembro.

Mais informações em www.fea.pt

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.