Um dia na Fundação Eugénio de Almeida

Vasco Maria Eugénio de Almeida queria um dia concretizar uma nobre missão: fazer mais pelas pessoas, para mais pessoas. Assim, a Fundação Eugénio de Almeida é hoje a materialização desse sonho, através do seu projeto agroindustrial e agropecuário, com forte destaque para a produção de vinho e de azeite e a criação de gado e também através do forte investimento no campo das artes, da cultura e do património.

PorPatrícia Caneira 

Pela manhã rume com destino a Évora, onde o espera um dia repleto de aventuras. A primeira paragem faz-se no Centro de Arte e Cultura da Fundação Eugénio de Almeida.

No primeiro piso a exposição “STUDIOLO XXI – Desenho e afinidades” convida a fazer uma caminhada pelas obras de mais de 180 artistas nacionais e internacionais que aqui representam a performance como desenho e o desenho como performance num ritmo frenético que se contrapõe à exposição unipessoal de Maria Lino.

“Lâmina olhar animal”, que se lê da mesma forma de trás para a frente, ocupa o segundo piso leva-nos a viajar no espirito tranquilo e discreto da artista, que nos brinda com esculturas em madeira e pedra onde há também lugar para alguns desenhos e objetos. As obras dividem-se por várias salas que têm as paredes pintadas de diferentes cores, onde a temperatura muda conforme as peças e onde a música de fundo nos transporta para o mundo. 

Ambas as exposições podem ser visitadas até 29 de setembro por um custo de €2.

No mesmo edifício encontra as Casas Pintadas, que devem o seu nome aos frescos quinhentistas que nelas estão feitos. Classificadas como Imóvel de Interesse Público desde 1950, são um marco importante na visita à Fundação. Os bilhetes têm o custo de €1 por pessoa e as crianças até aos 12 anos não pagam.

Depois de encher a mente de arte é altura de encher o estômago e nada melhor que sentar-se à mesa da Enoteca, que serve uma cozinha tipicamente alentejana harmonizada com os vinhos da Fundação. 

Para começar chega à mesa o pão alentejano acompanhado de azeitonas, depois passa-se ao repasto principal: sopa de tomate com ovo escalfado, hortelã e uvas, açorda de alho com ovo escalfado e lascas de bacalhau e jaquinzinhos com arroz de tomate e pimento. A fechar a refeição não fuja sem se deliciar com o creme queimado de espumante Cartuxa Rosé. Dica: já que as sobremesas são não só deliciosas como em grandes doses, peça mais do que um talher e aproveite para partilhar não só o doce como também a culpa. 

Rua Vasco da Gama, 15, Évora

266 748 348

10h-22h (2ª a sáb.) e 12h-15h (dom.)

Depois de recarregadas as energias faça uma visita ao Enoturismo da Cartuxa, instalado na Quinta de Valbom e a dez minutos do centro de Évora. Aqui pode visitar a propriedade e a sua adega, adquirida no século XX pela família Eugénio de Almeida.

Ao longo da visita pode descobrir as enormes cubas de cimento, as caves e os 600 hectares de vinha, dos quais 60 são produção biológica. Todas as visitas são guiadas e têm a duração de aproximadamente 1h30 por um custo de €5 por pessoa. No final pode optar por fazer uma das cinco provas de vinhos à disposição onde os preços vão dos €10 aos €40 por pessoa.

O Enoturismo pode ser visitado todos os dias das 10h às 19h e a visita pode ser feita em quatro idiomas diferentes: português, espanhol, francês e inglês.

Estrada da Soeira, Évora

266 748 383

A apenas 200 metros encontra-se o Mosteiro da Cartuxa, onde vivem os monges Cartuxas em silêncio e oração. Se for da equipa dos curiosos pode espreitar pelo portão principal e observar a beleza do edifício e dos jardins, mas só apenas espreitar já que os monges não têm qualquer contacto com o exterior e ninguém pode entrar no mosteiro.

No fim do dia, regresse ao centro de Évora e aproveite para tomar um café no agradável espaço da Cafetaria Páteo de São Miguel.A esplanada exterior permite admirar a arquitetura do Paço de São Miguel e do Castelo Velho de Évora. 

O espaço tranquilo de tons claros e música ambiente que convida a relaxar oferece sumos naturais, tábuas de queijos, empadas, sopas do dia e folhados que confortam corpo e alma antes de voltar a casa. 

Páteo de S. Miguel, Évora

966 748 348

Uma alternativa aos destinos já explorados em Évora que lhe vão fazer colecionar memórias inesquecíveis, numa atmosfera rodeada de arte, gastronomia, vinhos e silêncio.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.